terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Kikinhz do mar xz

'Mais um ponto de teimosia para mim'

Se fosses um elemento serias agua. Salgada, inquieta, rebelde liberdade das ondas de um mar só teu. Um mar de agua azul-esverdeada, transparente, dourada sobre raios de sol. E arderias como fogo fundido sob o beijo do astro da manha, liquido de ouro, aguas mornas que beijam areias brancas com amor. Susterias suspiros presos em dois olhos ternos onde moram corais e estrelas-do-mar, eles próprios sentimentos, eles próprios elementos no teu Elemento único de universo maior. Amantes beberiam de ti juras, em taças finas de cristal, que deixariam em meias-noites de pensamentos enterradas na areia sob declarações gravadas por dedos fugidios -com vida própria – que escrevem a alma á voracidade dos olhos no areal. E enquanto os teus cabelos ondulam nas aguas da preia-mar, perco-me eu agora –já fora de horas e enquanto a cidade mergulha também ela nos profundos oceanos dos sonhos – na busca de mais palavras que te descrevam, a ti e a um coração para lá da razão que te faz sempre ter mais uma palavra de conforto para o mundo, de esperança para mim. Que te faz por uma mão invisível sobre a minha e criar magia de me fazer sentir segura, porque quando estas comigo – em sentimento e pensamento – e quando nos abrimos em conversas só nossas, falar de ti é superar a barreira de língua, inventar as palavras escondidas pelo segredo dos deuses, é procurar um cordão umbilical que me prenda as próprias fundações da escrita, e reinventar o seu sentido. E só assim Pedro, quem sabe só assim, poderei saltar um dia de par em par pela hierarquia do tempo e dizer-te um significado, tão desmedido, que ainda nem em mim o vejo integral, apenas talvez o palpite a viajar-me na pele nos instantes em que me secas as lágrimas, lágrimas estas que só tu sabes serem gotas feitas da mesma matéria eterna dessa tua alma salgada. Dessa tua personalidade vítrea. Desse teu sabor, a mar.

20 comentários:

  1. CANÇÃO

    Pus o meu sonho num navio
    e o navio em cima do mar;
    - depois, abri o mar com as mãos,
    para o meu sonho naufragar

    Minhas mãos ainda estão molhadas
    do azul das ondas entreabertas,
    e a cor que escorre de meus dedos
    colore as areias desertas.

    O vento vem vindo de longe,
    a noite se curva de frio;
    debaixo da água vai morrendo
    meu sonho, dentro de um navio...

    Chorarei quanto for preciso,
    para fazer com que o mar cresça,
    e o meu navio chegue ao fundo
    e o meu sonho desapareça.

    Depois, tudo estará perfeito;
    praia lisa, águas ordenadas,
    meus olhos secos como pedras
    e as minhas duas mãos quebradas.

    Cecília Meireles

    ResponderEliminar
  2. Amei a forma como escreveu esse texto, ficou lindo e muito poético.
    Gostei muito de suas comparações e a forma como desenvolveu, ficou ótima.
    E o desfecho ficou maravilhoso com um tom de desejo.
    Beijo!

    Juliane S. Rocha

    ResponderEliminar
  3. Sabes .. A tua sorte éq fazes estes textos lindos! Porque tu és muito má para mim, tratas me super mal, txi ZZ aturar-te á 6meses é dose (A)

    ps : My starfish :$

    ResponderEliminar
  4. Ahahah, eu sou bué fofinho para ti depois olha (a)

    ResponderEliminar
  5. E sou fofinho sou :o é impressionante como te rendes aos meus encantos, nao é ? (a)

    ResponderEliminar
  6. Ahah, como se tu fosses capaz bebé xD

    ResponderEliminar
  7. Acho que começo a tornar-me repetitiva, mas não me interessa, porque gosto mesmo de ler aquilo que escreves! Fazes-me sempre viajar sem sair do sítio, e eu gosto muito dessa sensação :)

    ResponderEliminar
  8. ahahah, a culpa foi tua, falaste em fazer ao som de slipknot eu pronto, quiz experimentar como era O.O
    Ficou tao lindo xD ahah, tens de fazer tu (a)
    Tu és uma fraquinha, ora isso sei eu xD

    ResponderEliminar
  9. És fraquinha sim (a) ahah
    Tu conheces assim assim os meus (a) muahahah @

    ResponderEliminar
  10. Nahhhhhh ! Deves pensar qu'es forte ZZ

    ResponderEliminar
  11. Isso foi tudo para eu ficar sem jeito, é ? ZZ

    ResponderEliminar
  12. Lembra-me por alguma razão a calmaria do mar batendo rebelde na praia, em um fim de noite.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  13. Pronto pronto :$ os bebados dizem sempre a verdade nao é ? :p

    ResponderEliminar
  14. Pronto amor ja sabes que so tenho uma palavra a dizer "Adorei" +.+

    ResponderEliminar
  15. E o teu amor é senti-lo cá dentro a fazer faisca (..) quem sabe um dia " volte para ti de manha" !

    ResponderEliminar