domingo, 22 de novembro de 2009

Pontos nos " i's" !

Pedro Monteiro
Passavas breve pelo meu pensamento, e eu como se não reparasse na tua presença fingia-me distraída ao convite dos teus olhos. Os teus cabelos de brisa ao vento tocavam das mais belas musicas que eu já ouvi enaquanto eu sentia-te como se me tocasses dentro do peito, e sob o coração firmava-se o aperto da verdadeira distancia das tuas mãos. Apetecia-me perder nos teus dedos tanto como no frio de um inverno só nos apetece o calor de um verão qualquer.
A verdade é que não sei estar sem ti. Não sei passar pelas nossas ruas sem me deixar envolver pela dança dos sentimentos. Não sei descer as avenidas dos tantos amo-te sem te querer com uma vontade tamanha que tende a despertar uma ânsia para la da que consigo suportar.
E o teu cheiro paira suspenso em cada esquina, e sempre que viro naquela rua baila sobre a minha pele o aroma da tua, nas noites das loucuras, na noite das partilhas em que o amor corria solto, envolto em mistério, livre, como se a vida fosse só um momento.
E por tudo isto e muito mais que nem consigo transcrever sob a forma opaca das palavras, estou aqui agora, para dizer a todos vós, queridos leitores, seguidores, a todos os conhecidos, a toda a família e aos amigos, a todos os rostos sem nome que passam por mim na rua, ao senhor da bilheteira da estação, ao senhor simpático do transporte publico, ao senhor a tocar guitarra no banco do jardim, ás crianças que brincam no parque, ao senhor da pastelaria, ao mundo inteiro á minha volta (...) Que foste tu que escolhi para dedicar a minha vida, em todos os momentos, em todos os minutos em que troco 60 segundos por 60 formas para te amar. E que cada palavra minha é dedicada a ti. A ti que me ensinas-te a sentir viva, que me ensinas-te a ver a vida com olhos de ver, a ti que transformas o frio de um inverno pálido, só, num arco-íris de neve cadente.
-Nunca mais duvides do que sinto, nunca mais duvides que te amo, a ti, somente a ti, apenas a ti!

11 comentários:

  1. Que bonito, que amor puro essa tua inspiração.

    x)

    ResponderEliminar
  2. Sem palavras!
    Sabes o nosso sentimento .


    (ps: esse gaijo feio éq nao dá com nada xD)

    ResponderEliminar
  3. coisa rabixolas, és mesmo rabeta ligia...--' gorda do caraças se feliz oh gorda ! e agarra me esse homem que ele é bem jeitoso.. mas eu sou melhor

    ResponderEliminar
  4. Meu querido marley (Ainda quero saber pq me roubas-te o pseudonimo gordo), não penses que la por seres o meu melhor amigo te da o direito de vires aqui chamar rabixolas sem que isso te va custar um jantar no restaurante chines. Ah pois, amigos amigos jantares á parte :P
    és melhor sim senhora, mas so um bocadinhooooooo (A)

    ResponderEliminar
  5. Lindoooooo de mais.

    Espero que ele tenha lido.

    Beijoos

    ResponderEliminar
  6. eu tambem nao sabia que tinhas um mana :)

    ResponderEliminar
  7. Sim juliano, ele leu :')
    E penso que lhe consegui falar ao coração.

    ResponderEliminar
  8. Porque será que os pássaros
    Cantam na partida do dia
    Porque será que um amante ausente
    Fica de alma apertada, vazia?

    Porque será que as ondas lamentam
    Em sussuros de sal no areal
    Porque será que as rezas são feitas
    Para correr para o longe o perverso mal?


    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderEliminar